8 thoughts on “ Há Festa Na Mouraria - Amália Rodrigues - Amália IV (CD)

  1. The Art of Amália, a Compilation of songs by Amália Rodrigues. Released 14 March on Hemisphere (catalog no. 2; CD). Genres: Fado.
  2. Ha Festa na Mouraria (Feast in Mouraria) 8 Libertacao (Release) 9 Interior Triste (Sad Soul) 10 A Chave da Minha Porta (The Key to My Door) 11 Triste Sina (Sad Lot) 12 Maldicao (Curse) 13 Lar Portugues (Portuguese Home) 14 Ceu da Mina Rua (Heaven of My Street)
  3. Track List [Disc 1] Foi Deus Fado Menor Malmequer Pequenino Ha Festa Na Mouraria Nao E Desgraca Ser Pobre Da-Me O Braco Anda Dai Fado Do Ciume Barco Negro Libertacao Cansaco (Fado Tango) Fado Malhoa Uma Casa Portuguesa Amalia Estranha Forma de Vida [Disc 2] Ai Mouraria Fado Portugues O Careca Valentim Maria Lisboa Trova Do Vento Que Passa Povo .
  4. Track List Nem As Paredes Confesso Maldicao Fado Portugues Ai Mouraria Vou Dar De Beber A Dor Barco Negro Gaivota Povo Que Lavas No Rio Estranha Forma De Vida Ha Festa Na Mouraria Uma Casa Portuguesa Lisboa Antiga Coimbra Maria Lisboa Havemos De Ir A Viana Primavera Com Que Voz Foi Deus This is a new, unopened CD in its original packaging.
  5. Scopri Há festa na mouraria (Feast in Mouraria) di Amalia Rodrigues su Amazon Music. Ascolta senza pubblicità oppure acquista CD e MP3 adesso su mousdaritajufebvkatabilmacorthylp.coinfo
  6. Esta é a terceira edição deste título emblemático Amália sings traditional fado com artwork renovado e que é um verdadeiro best of dos fados tradicionais que Amália Rodrigues interpretou nas primeiras décadas da sua carreira. Este foi o .
  7. Ha Festa Na Mouraria Uma Casa Portuguesa Lisboa Antiga Coimbra Maria Lisboa Havemos De Ir A Viana Primavera Com Que Voz Foi Deus DOWNLOAD PART1 DOWNLOAD PART2 Amália Rodrigues - Segredo Medo Primavera As mãos que trago Longe daqui Minha boca não se atreve Amor sem casa Verde.
  8. De manhã, que medo, que me achasses feia! Acordei, tremendo, deitada n'areia Mas logo os teus olhos disseram que não, E o sol penetrou no meu coração.[Bis] Vi depois, numa rocha, uma cruz, E o teu barco negro dançava na luz Vi teu braço acenando, entre as velas já soltas Dizem as velhas da praia, que não voltas: São loucas! São loucas! Eu sei, meu amor, Que nem .

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *